A Polícia Civil de Rondônia promete fazer nos próximos dois meses o que não conseguiu nos últimos 220: abrir caminho para que os acusados de executar o senador Olavo Pires (PTB-RO) sejam punidos pela Justiça. O titular da Delegacia de Homicídios de Porto Velho, Márcio Mendes Moraes, adiantou ao Congresso em Foco que pretende indiciar os presos Carlos Leonor de Macedo e João Ferreira Lima pelo assassinato do senador Olavo.

No caso há menos de três semanas, o delegado diz ter encontrado indícios da participação da dupla no crime, ocorrido em 16 de outubro de 1990. Entendo que já há elementos para uma eventual denúncia por parte do Ministério Público, afirma Márcio.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.