Nu de Carla Bruni, primeira-dama da França, vendido por US$ 91 mil

Um retrato nu da atual primeira-dama da França, Carla Bruni Sarkozy, foi vendido nesta quinta-feira para um colecionador chinês por 91.000 dólares, em um leilão em Nova York, mais de uma década depois que a modelo italiana posou para um fotógrafo famoso.

AFP |

Tirada pelo suíço Michel Comte, em 1993, a fotografia leiloada pela Casa Christie's mostra Carla Bruni de pé, em uma pose que lembra os quadros do pintor neo-impressionista francês George Seurat.

A imagem foi disputada e recebeu ofertas por telefone, pela Internet e na sala, informou o porta-voz da Christie's, Rik Pike.

O valor inicial do lance por Bruni seria de 4.000 dólares, mas devido ao grande interesse passou a 10.000 dólares.

Também foram a leilão outras obras de artistas famosos, como Helmut Newton, Herb Ritts, Richard Avedon e Leni Riefenstahl, que incluíram retratos de outras modelos, como Kate Moss e Naomi Campbell.

Em uma sala lotada, mais de 200 fotos estavam à venda. Um retrato de Brigitte Bardot pelo fotógrafo americano Richard Avedon foi comprado por 181.000 dólares.

ltl/tt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG