Tamanho do texto

O empresário Acir Gurgacz, que assumirá na terça-feira (3) a vaga deixada no Senado por Expedito Junior (PSDB-RO), cassado por compra de votos, também tem problemas na Justiça. Levantamento feito pelo Congresso em Foco em setembro do ano passado mostra que a principal empresa da família acumulava então http://congressoemfoco.ig.com.br/noticia.asp?cod_canal=21&cod_publicacao=27384mais de 200 processos ativos no Judiciário.

As acusações ¿ direcionadas a ele e aos pais, seus sócios na empresa de ônibus ¿ iam de estelionato e crime ambiental a pedidos de indenização por danos materiais e morais. Acir e a Empresa União Cascavel de Transportes e Turismo Ltda (Eucatur) eram alvos de processo nas Justiças do Paraná e de Rondônia.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.