Novo reitor da Unicamp defende ensino mais abrangente

O médico Fernando Ferreira Costa, 58 anos, assumiu o cargo de reitor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em solenidade realizada hoje à noite na cidade, no interior de São Paulo. Em discurso, ele listou vários dos compromissos que assumirá no novo cargo, entre eles, o de tornar o ensino mais abrangente.

Agência Estado |

"Um dos principais desafios da Unicamp nos próximos anos será promover uma análise da estrutura curricular de seus cursos de graduação, com vistas não só à atualização dos conteúdos e disciplinas, mas também à racionalização dos recursos físicos e humanos", afirmou Costa.

Segundo ele, um dos problemas na história da formação da universidade é a "compartimentalização" dos cursos e disciplinas. "Ações visando uma formação mais abrangente dos alunos contribuirão para a criação de um ambiente universitário e acadêmico em que a diversidade das áreas de atuação da universidade seja um fator fundamental para a excelência do ensino e da pesquisa", disse.

Costa afirmou ser decisiva a priorização de uma política de incremento do número de alunos no ensino superior. "Dados recentes mostram que apenas 13% dos brasileiros entre 18 e 24 anos frequentam o ensino superior. No âmbito dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), essa porcentagem é, em média, de 30% e, na Coreia, chega a 60%. Infelizmente, apenas 9% da população brasileira conclui o ensino superior, contra 26%, na média, dos países da OCDE."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG