Novo filme de Woody Allen chega às telas nesta sexta-feira nos EUA

Woody Allen queria fazer um filme de trama romântica a partir da viagem de duas amigas para a Europa, mas a história acabou transcorrendo em Barcelona porque a cidade ofereceu ao diretor dinheiro, atores e também muito charme, revelou o cineasta nova-iorquino em coletiva de imprensa sobre seu Vicky Cristina Barcelona, que estréia nesta sexta-feira nos cinemas da América do Norte.

AFP |

"Eu tinha a idéia de duas moças viajando para a Europa no verão. Alguém me ligou de Barcelona e me disse: quer fazer o filme aqui? Nós financiamos", contou o cineasta.

Esta última versão dos fatos parece contradizer outras declarações do diretor, que enfatizou que ele queria "homenagear Barcelona porque a cidade o encantava", mas em Beverly Hills esclareceu que primeiro recebeu o convite para filmar na cidade e depois se lançou a escrever sobre um lugar de que gostava.

"A parte mais difícil para fazer um filme sempre é encontrar financiamento. Escrever, dirigir ou qualquer outra coisa é mais fácil, por isso respondi: 'aceito'", contou Allen, que se mostrou grato ao grupo espanhol Mediapro por tornar possível a realização de seu novo filme.

Como se fosse um sinal divino de que Barcelona era a escolha certa, alguns dias depois Allen recebeu uma ligação da atriz Penélope Cruz, dizendo querer participar da obra.

Segundo Allen, depois de já ter contratado Cruz e estar a ponto de dar a Scarlett Johansson o outro papel feminino, soube que Javier Bardem também estava interessado em filmar em Barcelona. Contou ainda que, depois de conversar "45 segundos" com a britânica Rebecca Hall, resolveu que ela iria viver Vicky, uma das turistas americanas da história.

Da mesma forma aconteceu com a trilha sonora do filme, que inclui o grupo Giulia y los Tellarini. "Eles deixaram seu CD na recepção do hotel onde eu estava hospedado e quando o ouvi no carro, disse na hora: essa é a música do filme!".

O elenco confessou ter podido desfrutar um pouco da cidade por causa do método rápido de filmagem do diretor. "Allen é uma espécie de estrela do rock lá", comentou o ator Chris Messina.

"Às vezes era como estar fazendo teatro com centenas de pessoas em torno da gente nas cenas externas. Os jornais avisavam onde íamos filmar e um monte de gente aparecia", contou Hall.

"Estive em Barcelona várias vezes em minha vida, mas não tinha um conhecimento muito vasto da cidade. Quando fui filmar, o diretor de arte me levou a todos os lugares", disse o diretor de 72 anos.

Ele explicou ainda como é filmar fora de Nova York, a cidade de sua paixão.

"Com a ajuda da equipe local, acaba parecendo que a gente conhece Barcelona, ou Londres, quando, na realidade, se está fingindo", declarou.

Em "Vicky Cristina Barcelona", Johansson vive Cristina, uma jovem apaixonada que gosta de se arriscar sentimentalmente, em evidente contraposição com sua amiga Vicky, vivida por Rebecca Hall, que aposta na segurança e tem medo de colocar em jogo sua estabilidade com a chegada de um amor inesperado.

A crítica recebeu "Vicky Cristina Barcelona" como o melhor filme de Woody Allen nos últimos anos. Ele disse que sua longa exploração sobre as relações humanas lhe deu algumas respostas, mas esclareceu: "Não encontrei nenhuma que vocês queiram ouvir".

"O final desse filme é muito pessimista, mesmo com uma estética tão boa, porque Barcelona é bonita, tem luz, a música é bela e os atores e atrizes são lindos", acrescentou.

Por fim, comentou sobre sua estátua que a cidade espanhola de Oviedo lhe concedeu em 2003:

"Minha estátua em Oviedo é um dos maiores mistérios da civilização ocidental. Oviedo é linda, fui algumas vezes lá, mas nunca fiz nada, nunca salvei a vida de ninguém, para ganhar uma estátua. Primeiro pensei que era uma dessas coisas que você ganha, depois tira quando o Brad Pitt chega e coloca uma estátua dele no lugar, mas não. Simplesmente não entendo, as pessoas são muito amáveis e devem gostar de mim lá".

pb/aic/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG