Novo comandante diz que PM do Rio precisa de mais treinamento

RIO (Reuters) - Os policiais do Rio de Janeiro precisam de melhor capacitação e qualificação para evitar incidentes envolvendo inocentes no Estado, segundo o novo comandante da corporação, coronel Mário Sérgio Duarte. Muita coisa que acontece hoje é por falta de uma instrução permanente na polícia, uma capacitação do seu pessoal por um treinamento continuado, disse ele a jornalistas ao comentar dois supostos erros cometidos pela PM nas últimas horas.

Reuters |

No fim de semana, um menino de 11 anos morreu atingido por um tiro de fuzil quando soltava pipa perto de casa, no Morro do Chaves, na zona norte. O disparo pode ter sido dado pela polícia que fazia uma operação na comunidade.

Na última segunda-feira, um funcionário da Caixa Econômica Federal foi baleado quando passava de carro pelo bairro da Penha, também na zona norte. Três policiais teriam confundido o carro dele com um veículo usado por assaltantes em fuga.

Para tentar melhorar a qualificação dos policiais, Duarte anunciou medidas nesta terça-feira. Ele criou um curso de capacitação que será destinado aos PMs que voltarem de férias. Os policiais terão que frequentar cursos de aulas teóricas antes de retornarem às ruas do Rio.

"Nós faremos um treinamento visando justamente essa prática do uso da arma de fogo e das técnicas de abordagem", declarou Duarte. "Nós queremos reduzir o erro pela prevenção. E a prevenção começa, com toda certeza, na capacitação", afirmou o novo comandante-geral da PM.

O coronel anunciou que cursos de técnica de abordagem, utilização de arma de fogo e patrulhamento também serão criados na corporação.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG