Por Dean Goodman LOS ANGELES (Reuters) - Bastaram seis dias em cartaz na América do Norte para que Batman: O Cavaleiro das Trevas superasse a bilheteria de toda carreira do filme anterior da série, Batman Begins, disse a distribuidora Warner Bros. na quarta-feira.

O estúdio esperava que o filme arrecadasse cerca de 17 milhões de dólares na quarta-feira, elevando o total nos EUA e Canadá a 221 milhões -- sendo 158,4 milhões nos primeiros três dias, um recorde para um fim de semana de estréia.

Na terça-feira, 'O Cavaleiro das Trevas' bateu outro recorde, ao arrecadar 200 milhões de dólares nos seus primeiros cinco dias -- superando os oito dias de 'Piratas do Caribe'.

Segundo a empresa Box Office Mojo, que monitora o setor, 'Batman Begins' encerrou sua carreira nos cinemas, após quatro meses, com uma arrecadação total de 205,3 milhões de dólares.

Ambos os filmes foram dirigidos pelo inglês Christopher Nolan, com o galês Christian Bale no papel do homem-morcego.

Mas a nova versão tem como atração adicional o vilão Curinga, interpretado por Heath Ledger, que morreu de overdose em janeiro, logo depois das filmagens.

'O Cavaleiro das Trevas' entrará para a lista dos dez lançamentos mais bem-sucedidos da história quando ultrapassar os 373,6 milhões de dólares arrecadados na América do Norte, a cifra obtida por 'Homem-Aranha 2'.

A estimativa conservadora da Warner é que o filme supere os 400 milhões de dólares com as vendas no exterior. Desde 'Piratas do Caribe', em 2006, nenhum filme supera essa marca.

Mesmo antevendo a boa recepção de 'O Cavaleiro das Trevas' junto à crítica e o interesse gerado pela participação de Ledger, a Warner se precaveu, comprando praticamente o dobro de inserções publicitárias para esse lançamento do que para 'Batman Begins', segundo a empresa de mediação de audiência Nielsen, com base em dados coletados até 12 dias antes da estréia de ambos os filmes.

(Reportagem de Dean Goodman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.