Nova executiva do PT será anunciada sábado

Depois de muito bate-boca e disputas que levaram o presidente eleito do PT, José Eduardo Dutra, a adiar o anúncio da nova executiva nacional, previsto para quinta-feira, as correntes internas do PT estão muito próximas de um acordo.

Ricardo Galhardo, enviado a Brasília |

"Está tudo certo. Lá pelas 20h (de sexta-feira) vamos nos reunir para bater o martelo. A nova executiva será anunciada amanhã (sábado)", disse o secretário de Finanças, Paulo Ferreira.

A escolha do novo secretário de Comunicação, principal entrave para o acordo, foi definida na manhã desta sexta-feira depois de uma reunião entre as correntes Construindo um Novo Brasil (CNB, majoritária) e Novos Rumos. O escolhido foi o deputado  André Vargas (PT-PR, do CNB), em detrimento do líder da bancada na Assembléia paulista, Ruy Falcão (Novos Rumos) e do dirigente gaúcho João Motta (também do CNB).

Falcão deve ficar com a primeira vice-presidência e Motta com uma vogal (cargo que não tem função executiva mas participa das reuniões e tem direito a voto).

A secretaria-geral continuará com o deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP), da Mensagem ao Partido, a secretaria de Finanças com João Vaccari (CNB, egresso do Sindicato dos Bancários de São Paulo como o atual presidente, Ricardo Berzoini). Iriny Lopes (Articulação de Esquerda) será a nova secretária de Relações Internacionais e Paulo Frateschi (CNB) continuará na secretaria de Organização. Dos postos-chave, o único que não tem nome definido é a secretaria de Relações Institucionais, responsável pela relação com os prefeitos, que será indicada pela corrente Movimento PT.

Leia também:

Saiba mais sobre Congresso do PT

    Leia tudo sobre: congresso do ptpt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG