Nova chacina deixa 4 mortos e um ferido em Salvador

A cidade de Salvador registrou a segunda chacina em menos de quatro dias. Quatro homens, entre 18 a 27 anos, foram mortos e um ficou ferido no ataque de ontem à noite promovido por cerca de 20 pessoas no bairro de Ondina, segundo testemunhas.

Agência Estado |

A delegada titular da 7ª Delegacia da capital baiana, Maria Dail Sá Barreto, disse que as quatro vítimas estavam envolvidas com o tráfico de drogas. O ferido, o zelador do Cemitério do Campo Santo, que fica nas proximidades, foi atingido de raspão por uma bala perdida, medicado e liberado em seguida.

A polícia trabalha com a informação de que a chacina foi ordenada por um traficante conhecido como Lobão , que estaria disposto a tomar os pontos de venda de drogas que eram controlados de dentro da Penitenciária Lemos Brito, em Salvador, por Genilson Lino da Silva, conhecido como Perna . Silva foi transferido na quinta-feira para a Penitenciária Nacional de Catanduvas, no Paraná.

O ataque ocorreu menos de quatro dias depois da maior chacina do ano na Bahia. Na madrugada de sábado, sete homens - nenhum deles com passagem pela polícia - foram mortos e outros três ficaram feridos no bairro periférico de Massaranduba. A polícia desconfia que a ação tenha sido motivada por vingança de um traficante conhecido como Jerri Adriani , que havia sido baleado uma semana antes. Ele está foragido. Sete envolvidos na chacina já teriam sido identificados, mas a polícia não confirma os nomes com a justificativa de não atrapalhar as investigações.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG