A Polícia Civil de Ituverava, na região de Ribeirão Preto (SP), tenta localizar o tratorista Donizete Leite Cunha, de 39 anos, que, na noite de domingo, durante uma discussão, matou com uma facada no pescoço o amigo Antônio Marcos Lopes de Souza, o Marrudo, de 32 anos, que comemorava seu casamento. Souza havia se casado oficialmente na véspera, após oito anos de união e ter dois filhos com a companheira.

A polícia informou que a festa foi esticada até o dia seguinte, na casa do noivo, no Jardim Guanabara, quando ocorreu uma "brincadeira de mão", que gerou briga e discussão.

De acordo com a polícia, todos haviam bebida cerveja. Cunha, indignado com a discussão, foi à casa de Souza, pegou uma faca e a acertou no pescoço do amigo. Apesar do socorro, Souza não resistiu e morreu. Cunha responderá processo por homicídio doloso e poderá cumprir pena de 6 a 20 anos de prisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.