Noiva recebe R$ 20 mil por danos morais de empresa do RS

Fornecedora de serviços de casamento foi condenada por entregar vestido rasgado e atrasar preparação de penteado

iG São Paulo |

A Justiça do Rio Grande do Sul informou na última terça-feira a condenação de uma empresa fornecedora de serviços de casamento a pagar R$ 20 mil por danos (e outros R$ 933,00 por danos materiais), por entrega de vestido rasgado e atraso na preparação do penteado de uma noiva.

Segundo a ação, a noiva contratou a empresa Roupa Nova para lhe fornecer a roupa do casamento, juntamente com o serviço do salão de beleza Danoir. Porém, o vestido foi entregue apenas duas horas antes do casamento e acabou rasgando antes da cerimônia.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Estado, a empresa chegou a apelar da decisão, alegando que quando a noiva escolheu seu vestido a sua equipe "alertou-a que não era o modelo ideal para o seu biótipo físico". Porém, a noiva, segundo a empresa, não aceitou reforçar o vestido.

O relator do caso, desembargador Artur Arnildo Ludwig, não aceitou os argumentos da empresa e condenou-a ao pagamento da multa. “O dia do casamento é uma data especial, na qual os noivos, por óbvio, já nutridos de uma ansiedade natural, querem que a data seja lembrada com muita alegria. Contudo, não foi o que ocorreu neste caso”, escreveu em sua decisão.

    Leia tudo sobre: noivacondenaçãodanos moraisrio grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG