Nobel de Literatura 2009, Herta Müller ganha prêmio de direitos humanos

BERLIM ¿ A escritora alemã Herta Müller, premiada com o Nobel de Literatura 2009 na semana passada, também foi agraciada com o prêmio Franz Werfel de direitos humanos, concedido pelo Centro contra as Deportações.

EFE |

Um porta-voz da fundação anunciou que, em 1º de outubro, dias antes do anúncio do Nobel de Literatura, um júri já havia escolhido Müller como ganhadora do prêmio de direitos humanos.

A escritora alemã ganhará 10.000 euros pelo romance "Atemschaukel", no qual descreve a deportação de um romeno de origem alemã para um campo de trabalho na União Soviética de 1945.

Nesse recente trabalho, a Nobel de Literatura descreve "os múltiplos horrores da vida em um campo de trabalho de uma maneira literariamente única", segundo o júri do prêmio Franz Werfel.

Para os jurados, o romance de Müller deixa claro que, mesmo após o término da Segunda Guerra Mundial, os direitos humanos continuaram sendo desrespeitados em amplas partes da Europa.

O prêmio Franz Werfel (1890-1945), concedido em memória do escritor judeu de mesmo nome, é concedido a cada dois anos e entregue em 1º de novembro na Igreja de São Paulo, em Frankfurt.

No ano passado, o ganhador da honraria foi o também escritor húngaro György Konrad.

    Leia tudo sobre: herta muller

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG