Técnicos da prefeitura do Rio que fazem uma auditoria nos contratos de execução de obra da Cidade da Música, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, avaliam que a casa de concertos vai levar mais de um ano para ser inaugurada e que serão necessários mais de R$ 150 milhões para concluir sua construção. A informação é de um relatório preliminar divulgado ontem pelo RJTV 2ª Edição, da Rede Globo.

O trabalho de auditoria deverá durar mais quatro meses, segundo a prefeitura.

De acordo com a reportagem, o relatório aponta irregularidades e apenas a compra de sete equipamentos de som teriam sido superfaturados em R$ 1,3 milhão. A obra, que começou em 2003, custou, até agora, mais de R$ 500 milhões. Em nota enviada à TV Globo, o ex-prefeito Cesar Maia informou que a conclusão da obra deveria acontecer em quatro meses e custaria R$ 85 milhões aos cofres públicos, dinheiro que havia sido deixado em caixa.

A Cidade da Música ocupa uma área de 95 mil metros quadrados e tem 87 mil metros quadrados de área construída. Mas nem tudo está pronto. Cinco dias antes de deixar a prefeitura, Maia inaugurou o maior complexo de música do Rio tendo apenas a Grande Sala, a principal delas, acabada. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.