A maior parte das delegacias das zonas norte e leste de São Paulo não ofereceu ao público o sistema de autoatendimento na noite de terça-feira e na madrugada desta quarta-feira, como havia sido anunciado pelo Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap).

AE
Novo sistema de atendimento em no 81º Distrito Policial

Novo sistema de atendimento no 81º DP

O novo sistema de atendimento previa terminais de computadores para que as próprias vítimas pudessem registrar as ocorrências menos graves. O objetivo, segundo o governo, é melhorar o atendimento e desafogar os distritos.

Entre as 20h de terça-feira, quando o novo sistema entrou em operação, e as 22h30, das dez delegacias visitadas pela reportagem - das quais nove deveriam contar com as máquinas de atendimento, semelhantes às das agências bancárias - apenas uma dispunha do equipamento. Mas eram os policiais que o operavam, e não as vítimas.

Apenas no 29º Distrito Policial (DP), de Vila Diva, na zona leste, os dois atendentes de plantão informaram que tinham à disposição o programa para o autoatendimento.

"Não temos a máquina de autoatendimento. Pelo que sabemos, ela vai ser instalada amanhã (quarta-feira). Também não temos viatura para levar as vítimas de ocorrências graves ao pronto-atendimento. Quem chegar à delegacia vai ser orientado a ir diretamente ao pronto-atendimento da área", informou o atendente de um dos distritos da zona leste. "Por enquanto, não estamos registrando nada. Ainda não sabemos como vai funcionar", disse um funcionário de um dos DPs da zona norte.

Necessidade da ação policial

O lançamento oficial do novo sistema foi na noite de terça-feira no 10º DP (Penha), zona leste. "Prevalecerá a necessidade da ação policial nos casos de pronto-atendimento. Se for uma ocorrência que não precisa de uma ação imediata e se não houver necessidade de um exame pericial, os casos poderão ser registrados nos autoatendimentos", afirmou o diretor do Decap, Marco Antonio Pereira Novaes de Paula Santos.

Polícia tem novo modelo de atendimento

Leia mais sobre delegacias em São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.