No Piauí, prefeita despacha na calçada há 8 dias

A prefeita interina de Alagoinha do Piauí, a presidente da Câmara Municipal Maria de Lourdes Silva, a Lurdinha (PSB), despacha desde o dia 20 numa mesa instalada na calçada da prefeitura porque o prefeito Clodoaldo de Moura Rocha (PT), cassado por abuso de poder econômico e compra de votos, fechou a sede da administração municipal e fugiu com as chaves do prédio. O prefeito cassado alega que não foi notificado da decisão, não houve publicação do acórdão e por isso não tinha passado o cargo para a presidente da Câmara.

Agência Estado |

Clodoaldo afirmou que seus advogados vão recorrer da decisão, que também atinge o vice-prefeito Francisco João de Carvalho.

Com a indefinição na administração municipal, os servidores não sabem se atendem às determinações da prefeita interina ou ao prefeito cassado, uma vez que Clodoaldo detém as chaves da prefeitura e controla o secretariado.

Clodoaldo Rocha teve o mandato cassado pela juíza Nilcimar Rodrigues de Araujo Carvalho no dia 19. Na sentença, a juíza determina novas eleições no município, já que o prefeito cassado teve 51,6% dos votos válidos no último pleito.

Lourdinha deve administrar a cidade até a realização de um novo pleito em 90 dias. Os advogados de Clodoaldo já recorreram da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O advogado do prefeito cassado quer uma liminar para que ele permaneça no cargo até o julgamento final do processo, em última instância, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O município de Alagoinha do Piauí fica a 379 quilômetros ao sul de Teresina, tem 7.439 habitantes, sendo dos quais 6.160 eleitores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG