No Piauí, candidato passa em concurso sem ter feito inscrição

Ministério Público apura irregularidades e fraudes em pelo menos 15 cidades do Estado

Wilson Lima, iG Maranhão |

O Ministério Público do Piauí investiga indícios de irregularidades em pelo menos 20 concursos públicos realizados pelas prefeituras do Estado nos últimos cinco anos. As denúncias apontam situações como candidatos que foram aprovados após apresentar documentos falsos e até mesmo casos de pessoas que passaram em concursos sem sequer ter feito inscrição.

Segundo informações da Vara da Fazenda Pública do Piauí, somente em 2010 foram realizados concursos públicos em 40 cidades piauienses. Destes, em pelo menos 15 cidades houve indícios de fraudes ou irregularidades. Além de crimes como falsidade ideológica e fraude, o MPE-PI apura outros problemas, como dispensa injustificada de licitação e contratação de empresas desonestas ou sem capacidade técnica para realizar os concursos.

As investigações estão sendo realizadas por uma comissão de promotores das comarcas de Teresina e do interior do Piauí, sob a coordenação do promotor da Vara da Fazenda Pública do Piauí, Fernando Ferreira dos Santos. Uma das maiores fraudes, para Pereira, seria o caso de uma candidata aprovada em um concurso na cidade de Cocal, a 227 quilômetros de Teresina. Em 2006, o nome desta candidata apareceu na lista dos aprovados. O problema: ela não se inscreveu para esse concurso público. “A própria candidata nos informou que ficou surpresa com isso”, disse o promotor.

Outro caso que chamou a atenção do MPE-PI ocorreu na cidade de Várzea Grande, distante 461 quilômetros da capital do Piauí. No município, um candidato apresentou, em uma prova de títulos, em 2010, um diploma falso de curso de especialização. Com o documento falso, ele conseguiu ficar em primeiro no concurso.

O MPE-PI ainda não tem prazo para concluir a investigação. A intenção do órgão é pedir a anulação dos concursos onde ocorrer a comprovação destas irregularidades.

    Leia tudo sobre: PiauiTeresinaconcurso público

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG