No Paraná, 30 presos fogem pelo teto de delegacia

Trinta presos conseguiram fugir na madrugada de hoje da Cadeia Pública de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, depois de perfurar a laje de concreto do teto da edificação e arrebentar o fundo de uma caixa dágua. A caixa ajudou a despistar a polícia, enquanto os presos faziam as perfurações na laje, empreendimento que deve ter demorado vários dias.

Agência Estado |

Até por volta das 15 horas, nenhum dos presos havia sido recapturado.

O delegado Osmar Antonio Dechiche reconheceu que os presos usaram de inteligência ao fazer o buraco exatamente sob a caixa d'água. Dessa forma, as revistas rotineiras que são feitas no teto da carceragem não mostravam nenhuma perfuração. A cadeia tem capacidade para 36 presos. Mas, no momento da fuga, estava com 146 - 18 deles presos durante o feriado de Páscoa.

Houve vazamento da água que estava na caixa, que se juntou à chuva que caiu durante toda a madrugada, o que provocou alvoroço nas celas. Isso chamou a atenção dos seis policiais plantonistas, que imediatamente fizeram a interceptação e evitaram que outros presos fugissem. Esta foi a primeira fuga na cadeia de São José dos Pinhais em dois anos e meio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG