No Pará, Farmácia Popular inaugura a 500ª unidade do programa

O programa do Ministério da Saúde, Farmácia Popular, inaugura hoje a farmácia de número 500, em Portel, no Pará. O programa do governo completa quatro anos atendendo 88 milhões de pessoas, segundo informações do próprio ministério.

Agência Estado |

No total, 393 municípios participam do programa. A meta do governo é chegar em 2009 com 600 farmácias populares.

Além das unidades próprias, 5.039 farmácias e drogarias da rede privada participam do programa, sendo que nelas o governo arca com parte do valor de alguns medicamentos e o usuário paga o restante. Em 2011, o ministério pretende que 19,7 mil farmácias da rede privada estejam credenciadas em todo o País.

Os remédios das Farmácias Populares são produzidos em laboratórios públicos e privados e comprados pela Fundação Oswaldo Cruz. Assim, de acordo com informações do governo, é possível obter uma redução de até 90% no preço dos produtos em relação ao mercado.

São oferecidos 107 tipos diferentes de medicamentos entre frascos, cartelas, bisnagas, injetáveis e preservativos masculinos, todos de acordo com a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename). Os cinco medicamentos mais procurados são: para redução de colesterol; contra gastrite; tratamento da hipertensão; os analgésicos e antiinflamatórios; e os antidiabéticos orais.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG