No feriado, 1,5 milhão de veículos devem deixar SP

O feriado do Dia do Trabalho, comemorado amanhã, deverá retirar de São Paulo cerca de 1,5 milhão de veículos, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Os motoristas devem evitar viajar hoje entre 14 h e 22 horas.

Agência Estado |

A recomendação é programar a viagem a partir das 22 horas de hoje até 6 horas de sexta-feira. Amanhã, o rodízio municipal de veículos estará suspenso. Nas estradas, a Viaoeste estima fluxo de 400 mil veículos na Castelo Branco e Raposo Tavares.

O horário de maior movimento hoje deve ser entre 16 h e 22 horas. Amanhã, o pico deve ocorrer entre 8 e 13 horas. Na Anhanguera e Bandeirantes, a AutoBan espera 520 mil veículos no sistema. O motorista não deve viajar hoje das 17h às 20 horas e, amanhã, das 9 às 13 horas. No sentido litoral, a Ecovias estima que até 290 mil veículos desçam a Serra do Mar. A previsão é de que a Operação Descida 7X3 seja adotada às 15 horas de hoje, quando a concessionária prevê um aumento no volume de tráfego.

Nessa operação, os veículos que seguem para o litoral podem trafegar pelas duas pistas da Anchieta e pela pista sul da Imigrantes. O retorno para São Paulo é feito pela pista norte da Imigrantes. Essa operação deve se estender até as 12 horas de amanhã. A Operação Descida 7X3 será adotada também a partir das 8 horas de sábado e deve se estender até as 11 horas. Ainda no sábado, das 15 horas à meia-noite, o sistema deve entrar na Operação Subida 2X8, com as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta sendo utilizadas para o retorno à capital. Esse sistema será adotado novamente entre as 12 horas de domingo e 1 hora de segunda.

Clima

O paulistano que pretende aproveitar as festividades do Dia do Trabalho amanhã ou a Virada Cultural, entre sábado e domingo, vai enfrentar chuva. “Uma frente fria passa pelo litoral e vai provocar chuva hoje, mas essa massa vai se afastar do Estado amanhã”, conta André Madeira, meteorologista da Climatempo. Na noite de sábado e na madrugada de domingo, haverá chuva ou chuvisco. Quem for para o litoral, segundo Madeira, vai enfrentar chuva e o mar agitado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG