No último domingo, a queda do nível do rio bateu o recorde nas medições feitas há 108 anos pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM)

selo

O rio Negro subiu mais três centímetros de ontem para hoje, marcando 13,68 metros. No último domingo, a queda do nível do rio bateu o recorde nas medições feitas há 108 anos pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), chegando a 13,64 metros, um centímetro a menos do que o recorde anterior de 1963.

O governo estadual anunciou que na próxima quinta-feira deve liberar, aos 38 municípios em estado de emergência por conta da seca, os R$ 23 milhões anunciados na última sexta-feira pelo Ministério da Integração Nacional.

Veja abaixo imagens de Manaus antes e depois da seca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.