Nível de rio sobe e assusta São Luiz do Paraitinga

Ruas próximas ao mercado municipal chegaram a ser atingidas pelas águas, mas a situação está sob controle, segundo a Defesa Civil

AE |

selo

Os moradores de São Luiz do Paraitinga, cidade que no início deste ano foi duramente atingida pelas chuvas, tomaram um susto nesta semana, quando o nível do rio Paraitinga subiu, atingindo cerca de três metros. Algumas ruas próximas ao mercado municipal e às margens do rio, que corta a cidade, chegaram a ser atingidas pelas águas, mas a situação está sob controle, segundo a Defesa Civil local.

Mesmo assim, três famílias foram removidas e abrigadas em casas de parentes. Na manhã de hoje, o rio já estava quase no seu nível normal. A previsão para os próximos três dias, na cidade, é de chuvas pouco intensas. Para o funcionário público e fotógrafo Alexandre Medeiros, há um temor das pessoas por conta do que ocorreu no início do ano.

"Todo mundo está com medo e desconfia de qualquer sinal de enchente, mas o que ocorreu é normal nessa época", disse. Ele sugere que a Defesa Civil cadastre todos os moradores ribeirinhos e utilize a tecnologia para evitar outras tragédias.

"As pessoas podem ser avisadas por mensagens de texto sobre a situação", comenta.

As primeiras obras emergenciais de contenção de encostas já estão sendo realizadas e segundo a secretária de Planejamento da prefeitura, Cristiane Bittencourt, em 2011 esses trabalhos terão continuidade, com o desassoreamento de oito quilômetros do rio Paraitinga e o aumento de sua calha. Nas bacias dos rios Turvo e do Chapéu, o serviço já está sendo concluído.

"Enquanto isso, o rio é monitorado 24 horas pela Defesa Civil, que controla o nível de chuvas e mantém contato permanente com a cidade de Cunha, onde fica a nascente", explica. Obras de maior vulto, segundo a secretária, só serão realizadas após estudos de georeferenciamento da bacia, que devem levar pelo menos seis meses.

    Leia tudo sobre: São Luiz do Paraitingachuvaáguas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG