Niemeyer volta para a UTI devido a uma arritmia cardíaca

Rio de Janeiro, 5 out (EFE).- O centenário arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer voltou a ser transferido para a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, devido a uma arritmia cardíaca detectada hoje pelos médicos.

EFE |

Niemeyer, que foi submetido a duas operações em setembro no mesmo hospital, continua se recuperando "bem", segundo o último boletim médico divulgado, mas ainda não tem previsão de alta.

O arquiteto foi internado no dia 23 de setembro com dores abdominais causadas por uma colecistite aguda, que levou os médicos a retirarem sua vesícula biliar e a realizarem a drenagem de um abscesso em seu fígado.

Cinco dias depois, os médicos encontraram um tumor de cólon que apresentava sangramento, que foi retirado no mesmo dia, em uma operação que durou três horas.

Niemeyer permaneceu na UTI até domingo, quando os médicos decidiram transferi-lo para uma unidade de vigilância intermediária, devido à melhora que tinha apresentado.

O lendário arquiteto completará 102 anos em dezembro e, apesar de sua idade, mantém uma intensa atividade profissional, com diferentes projetos em andamento. EFE mp/pd

    Leia tudo sobre: niemeyer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG