Rio de Janeiro, 4 out (EFE).- Três dias depois de ter extraído um tumor do intestino, o secular arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi para um quarto de assistência intermediária.

Segundo o Hospital Samaritano do Rio de Janeiro, Niemeyer, de 101 anos, se recupera bem da operação e desde a sexta-feira respira sem ajuda de aparelhos, embora não tenha previsão de alta.

O arquiteto que projetou Brasília sentiu dores abdominais em 23 de setembro, por isso internado para realizar exames.

No dia seguinte, foi submetido a uma operação para a retirada da vesícula biliar e na sexta-feira voltou à sala de cirurgia quando os médicos descobriram o tumor.

Prestes a completar 102 anos - em dezembro, Niemeyer mantém intensa atividade profissional e está envolvido em projetos arquitetônicos, como um complexo arquitetônico em Niterói e a biblioteca árabe-sul-americana em Argel. EFE mp/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.