Nevoeiro em São Paulo

Um denso nevoeiro se formou em várias regiões do Estado de São Paulo reduzindo muito a visibilidade nas estradas e nos aeroportos.

Climatempo |

Na Grande São Paulo, o aeroporto internacional de Cumbica tinha apenas 300 metros de visibilidade às 7 horas. O Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, amanheceu com 800 metros de visibilidade, mas às 7 horas o alcance visual aumentou para 900 metros. No aeroporto de Congonhas, a visibilidade era de 1500 metros.

O nevoeiro denso também causava problemas de visibilidade no vale do Paraíba, região onde se encontra a rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. Na altura de São José dos Campos, a visibilidade não passava de 300 metros às 7 horas. Ainda no interior de São Paulo, a sexta-feira amanheceu com 100 metros de visibilidade na região de Pirassununga.

Além de São Paulo, várias áreas em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e no Sul do Brasil. No Rio de Janeiro, o aeroporto Santos Dumont, que faz a ponte aérea Rio-São Paulo, e também o internacional Tom Jobim estavam com visibilidade de 4500 metros, às 7 horas, por conta da névoa forte. Em Minas Gerais, a o aeroporto de Governador Valadares amanheceu com 50 metros de visibilidade, por conta do forte nevoeiro. Várias áreas da Zona da Mata Mineira e do sul de Minas também tiveram nevoeiro ao amanhecer desta sexta-feira

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG