Depois de nove dias retido a cerca de cinco quilômetros da costa, o navio Blue Lady, de bandeira turca, atracou hoje no Porto de Suape, no litoral pernambucano. A embarcação foi impedida de atracar quando chegou, no dia 20, depois que foi constatado que oito dos 24 tripulantes estavam com malária.

Na sexta-feira a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dedetizou o navio, que foi liberado hoje depois de novos exames na tripulação, que descartaram qualquer novo caso da doença.

O Blue Lady vinha da Monróvia, no país africano da Libéria, para receber um carregamento de 14 mil toneladas de açúcar que seriam levados à Líbia, também na África. O atraso provocado pela doença a bordo levou à suspensão do contrato, já que a carga não poderia ser entregue no prazo determinado. A embarcação seria abastecida com água e mantimentos antes de partir. Dois tripulantes que ainda estão sem previsão de alta no Hospital Jayme da Fonte, no Recife, referência em malária, viajarão depois, de avião.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.