Naomi diz que racismo causou briga em vôo da British Airways

LONDRES - A British Airways rejeitou neste sábado acusações de racismo após a modelo Naomi Campbell, que se confessou culpada por uma agressão em incidente em um avião, afirmar que teria sido comparada a uma boneca de pano preta durante o vôo.

Reuters |

A companhia aérea afirmou que não aceitava a versão dada por Campbell, que foi acusada de agressão na sexta-feira e sentenciada a 200 horas de trabalho comunitário não-remunerado, de que alguém no vôo a teria chamado de 'modelo boneca de pano preta'.

'A British Airways não aceita as acusações de racismo', afirmou a companhia em comunicado. 'Estamos orgulhosos da nossa diversidade.'

'Temos políticas estritas sobre dignidade no trabalho e possuímos há tempos programas de treinamento sobre diversidade e inclusão', acrescentou o comunicado.

Campbell, 38, disse à Sky News que seu ataque de raiva a bordo --no qual ela atacou dois policiais, falou diversos palavrões e xingou o capitão do vôo que partiria para Los Angeles-- foi parcialmente causado por comentários racistas.

'Eu fui chamada por um nome racial naquele vôo e essa foi parte da minha reação', disse. 'Fui chamada de 'top model Golliwog' --não acho isso justo, você acha?'.

Perguntada quem teria usado esse termo, que se refere a uma boneca negra de pano da literatura infantil, Campbell disse: 'Alguém do vôo. Não era um passageiro'.

Durante o caso, promotores disseram que Campbell ordenou ao capitão do vôo que achasse sua bagagem perdida e ficou violenta quando a polícia tentou tirá-la da aeronave.

A modelo confessou-se culpada de agredir dois policiais e de acabar com a ordem pública. Nem ela nem seus advogados mencionaram os supostos comentários racistas no tribunal.

Além do trabalho comunitário, a modelo foi condenada a pagar 200 libras (395 dólares) em indenização a um dos policiais, 150 libras para o capitão do vôo e 2.300 libras em multas.

Na entrevista na Sky, Campbell pediu desculpas à polícia metropolitana de Londres, mas acrescentou: 'Quanto à British Airways, eu somente acho que eles são nojentos.'

A modelo é conhecida melo seu temperamento explosivo e já esteve envolvida em problemas com a lei antes desse episódio.

Em um deles, ela passou cinco dias esfregando pisos e limpando toaletes como parte de um serviço comunitário em Nova York, no ano passado, após atirar um telefone celular em uma empregada doméstica durante discussão sobre uma calça jeans.

Leia mais sobre Naomi Campbell

    Leia tudo sobre: naomi campbell

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG