BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta sexta-feira uma crítica à aprovação pelo Legislativo da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que cria 7.343 vagas para vereadores. ¿Não são mais sete mil vereadores que vão resolver os problemas das cidades¿.

Antes de opinar, durante café da manhã com jornalistas que ocorre tradicionalmente no final de cada ano, Lula disse que não é seu papel se intrometer nos assuntos do Legislativo.

A PEC foi aprovada na Câmara e seguiu para o Senado, onde foi aprovada com modificação no texto. Em seguida, o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), recusou-se a promulgar a proposta, por causa das mudanças feitas pelos senadores.

A decisão levou o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), a decidir entrar com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a recusa da Câmara dos Deputados de promulgar a PEC que aumenta o número de vereadores no País.

Leia mais sobre: sucessão presidencial , Dilma Rousseff

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.