Não foram encontradas evidências que possam levantar suspeitas criminais na morte de Michael Jackson, anunciou nesta sexta-feira o Instituto de Medicina Legal de Los Angeles, que está conduzindo a autopsia.

No entanto, o porta-voz do Instituto esclareceu que o processo para determinar a causa exata da morte do 'Rei do Pop' levará entre quatro a seis semanas.

pb/cd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.