Mais de oito mil pessoas participaram hoje no Playcenter do Gay Day, uma prévia para a 12ª Parada Gay de São Paulo, marcada para amanhã às 12h, na Avenida Paulista. Apesar de ser maioria, o público gay não estava sozinho, já que o parque ficou aberto ao público em geral.

Algumas famílias ao se depararem com os balões coloridos na entrada, deram meia volta, mas muitas decidiram entrar. Drag queens torcedoras, vestidas com os uniformes do Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Santos, diziam fazer apologia à paz no futebol. Quatro tatuaram no antebraço o nome do jogador preferido, mas nenhuma delas quis revelar a idade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.