Principal aliado do PT na corrida presidencial, o PMDB reproduzirá o discurso da pré-candidata petista Dilma Rousseff e pregará a continuidade do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante propaganda eleitoral gratuita do partido, que será exibida às 20h30 de amanhã em rede nacional de TV. A inserção de 10 minutos será estrelada pelo presidente da sigla, deputado federal Michel Temer (SP), e defenderá em imagens e depoimentos a parceria PT-PMDB na gestão Lula.

O mote da propaganda será mostrar que a aliança entre as duas legendas trouxe, e eventualmente garantirá, benefícios ao País.

Nome forte do PMDB para assumir a vaga de vice na coligação, Temer terá à sua disposição quase metade do tempo de propaganda - quatro minutos e meio. O parlamentar, com gel no cabelo e vestindo terno preto, defenderá os programas do governo federal Minha Casa, Minha Vida e Luz para Todos. Embora faça alusão ao governo Lula, a propaganda não mostrará imagens do presidente ou da ex-ministra Dilma.

Além de Temer, participarão 12 pré-candidatos do PMDB aos governos estaduais, como Roseana Sarney (MA), Sérgio Cabral (RJ), Hélio Costa (MG), André Puccinelli (MS) e Geddel Vieira Lima (BA). Cada provável candidato terá à sua disposição de 15 a 20 segundos para falar sobre as realizações do PMDB em seus Estados. A propaganda contará com um jingle com o refrão "Ainda temos muito Brasil pela frente".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.