A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, http://twitter.com/dilmabr target=_blankestreou no Twitter no último domingo e já reúne mais de 14 mil seguidores em sua página. A iniciativa da ex-ministra da Casa Civil segue os passos de outros presidenciáveis como o tucano http://twitter.com/JoseSerra_ target=_blankJosé Serra, a senadora http://twitter.com/silva_marina target=_blankMarina Silva (PV-AC) e o deputado federal http://twitter.com/cirofgomes target=_blankCiro Gomes (PSB-CE).

Dilma foi uma das últimas a entrar na rede. Durante evento da Campus Party, em São Paulo, ela já havia avisado que o site estava nos seus planos. Brincou, inclusive com os colegas Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, e Alexandre Padilha, ministro das Relações Institucionais, ambos adeptos do Twitter. Eu ando dando muita assessoria para o ministro Padilha e para o ministro Paulo Bernardo, que andam me utilizando como, vamos dizer assim, uma mão de obra barata para que eles façam o Twitter deles, disse em janeiro.  

Já o ex-governador de São Paulo foi um dos primeiros políticos a usar a rede de microblog. Quase sempre de madrugada, costumava trocar mensagens sobre assuntos variados com seus mais de 194 mil seguidores. No ano passado, também dividiu fotos dos tempos de universitário e dá dicas sobre músicas. Ontem, após o lançamento de sua candidatura, postou: A partir de agora, então, vocês seguem um pré-candidato à presidência da república. rs Boa noite a todos. Na outra ponta, Marina Silva reúne mais de 19 mil seguidores enquanto Ciro contabiliza 11 mil.  

Reprodução
Foto postada por Dilma em seu twitter

Foto postada por Dilma em seu twitter

Bernardo e Padilha completam o grupo de sete pessoas que Dilma segue. Os outros são nomes envolvidos na coordenação de sua campanha. São eles: Marcelo Branco, que vai cuidar da campanha digital, a jornalista Helena Chagas, o ex-prefeito de Belo Horizonte e amigo da ex-ministra Fernando Pimentel além do senador Aloizio Mercadante, pré-candidato ao governo de São Paulo, e o deputado estadual Rui Falcão (PT).   

No domingo, ela postou fotos da sua estreia no Twitter e outra ao lado do seu principal cabo eleitoral, o presidente Lula, durante evento no ABC paulista, no sábado. Disse que começava uma aventura na rede, mas que não passaria muito tempo na internet. Vocês sabem que será impossível. Alguns amigos vão me ajudar, postou. 

Branco disse ao iG que a ministra também deverá ter um site, com informações sobre agenda, viagens e debates, mas ainda não há data para estreia. 

Leia também:

Leia mais sobre: Dilma Rousseff  - eleições 2010

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.