Na China, os noivos do 8 de agosto botam fé na data da boa sorte

Zhang Jie e Ma Yue não vão renunciar ao projeto que têm em comum: casar no dia 8 de agosto de 2008, data da boa sorte e da abertura dos Jogos Olímpicos, apesar da sucessão de calamidades que o país vem enfrentando desde janeiro, interpretadas como sinais de azar.

AFP |

"O 8 é um número que traz sorte na China, e é por isso que os chineses escolhem sempre o dia 8 para a data do casamento", explicou Zhang Jie, uma moradora de Pequim de 24 anos.

Como inúmeros outros jovens casais, ela e seu noivo marcaram a data do casamento num cartório de Xuanwu, um bairro do sudoeste de Pequim, para reservar seu lugar para 8 do mês 8 do ano 2008.

Para eles, este dia terá um gosto especial extra: eles são, na verdade, voluntários para os primeiros dias das Olimpíadas organizadas por seu país, que serão abertas às 8 horas da noite (12H00 GMT).

"Nosso trabalho durante os jogos consiste principalmente em receber as delegações esportivas estrangeiras, colocá-las em seus alojamentos e cuidar dos serviços diários", explicou a jovem.

Particularmente ocupado, o casal vai reservar algumas horas para o casamento, deixando a festa para depois.

"O dia 8 de agosto é somente a data para obter nossa certidão de casamento. Mas nossa cerimônia não será simples assim. Nós vamos fazer a festa em 2009. Primeiro devemos dedicar todos nossos esforços aos Jogos Olímpicos", disse.

Para evitar confusão no dia D, os casais tiveram de se inscrever de 20 de junho a 5 de agosto. Segundo a mídia chinesa, somente para a cidade de Pequim, mais de 8.000 pessoas se inscreveram nos cartórios.

A sucessão de más notícias - tempestades no sul durante o Ano Novo chinês, violências no Tibete, terremoto em Sichuan - fez, no entanto, alguns chineses começarem a duvidar da sorte de 2008 e desta data mágica.

Na internet, os mais audaciosos dizem que as "fuwas", os cinco mascotes dos Jogos, são "malditas", ligando cada uma a uma crise: principalmente Jingjing o panda, que teria provocado o terremoto no Sichuan, um dos habitats naturais do animal, e Yingying o antílope tibetano, lembrando os tumultos de Lhassa.

"É exatamente superstição, quando pegamos acontecimentos acidentais e dizemos que foram inevitáveis, é um tipo de superstição, não?", perguntou-se Zhang.

"O dia 8 de agosto de 2008 será um dia de sorte. E os Jogos Olímpicos serão organizados com sucesso. E nós estamos orgulhosos", acrescentou, Um discurso patriótico compartilhado por uma grande parte da população e apoiado pelo regime.

frb/phm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG