SÃO PAULO - O músico e desenhista Henrique Figueroa, conhecido como Carcarah, recebeu alta do Hospital Sírio Libânes por volta das 14h desta segunda-feira. Ele estava internado no local desde sábado, quando foi atingido na perna por três tiros durante uma tentativa de assalto ao Espaço Parlapatões, na Praça Roosevelt, no centro da capital paulista.

De acordo com a assessoria do hospital, Carcarah passa bem e será acompanhado de casa pelos médicos.

Quem também ficou ferido durante o assalto foi o dramaturgo Mário Bortolotto, que sofreu três perfurações no corpo: uma perto no pescoço e duas no tórax. Ele passou por três cirurgias, recebeu oito bolsas de sangue e continua sedado e respirando com a ajuda de aparelhos , segundo o boletim divulgado pela Santa Casa de Misericórdia nesta manhã. Ele segue internado, em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

O crime

Quatro homens invadiram o espaço dos Parlapatões após renderem o segurança. O espetáculo Brtual, escrito por Bortolotto, terminou às 2h30 e 25 pessoas ainda estavam reunidas no local, quando o assalto começou por volta das 5h30.

Segundo a polícia, Bortolotto reagiu ao ataque dos assaltantes e pediu  que atirassem nele em vez de machucarem os outros frequentadores do espaço.

Os bandidos dispararam quatro vezes e fugiram em uma Parati. Ninguém foi preso e a única pista, até o momento, para o 4º Distrito Policial, que investiga o caso, são as imagens de segurança feitas pela câmera do bar.

Veja imagens das câmeras de segurança:

Leia mais sobre: assalto


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.