Musical leva ao teatro a amizade de Tom e Vinicius

SÃO PAULO ¿ Em meio às comemorações dos 50 anos da Bossa Nova, estréia amanhã, em São Paulo, a peça Tom & Vinícius, O Musical, com Marcelo Serrado, Thelmo Fernandes, Guilhermina Guinle e direção de Daniel Herz. A peça leva ao palco a amizade entre Vinicius de Moraes e Tom Jobim, que produziu lindas canções.

Agência Estado |

Marcelo Serrado interpreta Tom
Jobim em "Tom & Vinícius" / Divulgação

O espetáculo - que se inicia em 1956 e conta dez anos da bela história de amizade e parceria entre os dois ícones da Bossa Nova - começa quando Vinicius procura alguém para compor a trilha sonora de "Orfeu da Conceição", peça que escreveu em 1954.

Um amigo apresenta o Tom e a primeira coisa que Tom fala é: Vai rolar um dinheirinho nisso aí?. O Vinicius não acredita e a amizade começa, relata Marcelo, intérprete de Tom. Segundo ele, foram quatro anos de preparação e três meses de ensaio para a estréia. Sempre gostei muito de música e queria contar algo bem brasileiro. Sou ufanista neste sentido e nada melhor que Vinicius e Tom. Estudei piano e violão, tudo foi bem intenso, fazia de duas a três aulas por semana, deixei até de ir à praia.

Segundo Herz, o diretor, o que mais encanta na história é a simplicidade com que se fala de poesia. Para os dois, fazer poesia era comum, sempre com boas doses de uísque, é claro, mas comum. Queríamos levar isso ao palco, algo que é tão diferente do nosso dia-a-dia. Hoje, não se fala com naturalidade de romantismo, e eles faziam isso. É lindo.

Para compor os papéis, o elenco entrou em contato com amigos e familiares dos músicos. Foi um trabalho de muita pesquisa. Conversamos bastante com todos, queríamos pegar os trejeitos. Ninguém aqui quer ser nenhum de seus personagens, mas quer passar quase que um estado deles. Que as pessoas vejam um pouco de Tom, Vinicius e suas mulheres, diz Marcelo.

Na pele de Lila Bôscoli e Lúcia Proença, Guilhermina Guinle revela ter tido dificuldade para compor os dois papéis. Ao mesmo tempo em que eram mulheres parecidas, tinham pontos muito diferentes. Ambas eram chiques, mas a Lila era mais ferina, gostava de fazer as coisas. Já a Lucinha era carinhosa, usava saias e vestidos. Isso foi difícil. Thelmo, vivendo Vinicius, foi uma escolha da família do músico. Fizeram 200 testes. É realmente uma honra ter sido escolhido por eles.

Tom e Vinicius, o Musical - Teatro Copa Airlines. Av. Rebouças, 3970, Shopping Eldorado, em São Paulo. Estréia amanhã. Temporada até 14 de dezembro. Sexta e sábado, às 21h30. Domingo, às 18h. Ingressos a partir de R$ 60.

    Leia tudo sobre: tom jobim

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG