Música é importante para neurodesenvolvimento, diz especialista

A música interfere na plasticidade cerebral, favorece conexões entre neurônios na parte frontal do cérebro (relacionada a processos de memorização e atenção) e estimula comunicação entre os lados do cérebro, o que pode explicar sua relação com raciocínio e matemática. É o que explica Mauro Muszkat, coordenador do Núcleo de Atendimento Neuropsicológico Infantil da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Agência Estado |

"Somos essencialmente musicais: no ritmo de andar, nos batimentos cardíacos e na fala - que é a música das palavras. A música é importante para o neurodesenvolvimento da criança e de suas funções cognitivas", diz.

O especialista comenta que cada tipo de som exerce influência em diferentes áreas cerebrais. "Músicas mais lógicas, como as de Mozart, estimulam a resolução de problemas espaciais, por exemplo", diz. "A música básica, rítmica, se relaciona com a porção anterior, o som melódico age nas áreas temporais e a música com contrastes e efeitos influencia áreas associativas."

Giuliana Reginatto

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG