Museu Picasso expõe ilustrações japonesas que inspiraram erotismo do pintor

BARCELONA ¿ O Museu Picasso de Barcelona, na Espanha, expõe pela primeira vez, a partir desta quinta-feira, e até 14 de fevereiro, parte da coleção de estampas japonesas que serviram de inspiração ao pintor Pablo Picasso para sua pintura erótica junto a gravuras criadas pelo artista.

AFP |

A exposição intitulada "Imagens Secretas", revela a influência que as 19 ilustrações tiveram no pintor.

O curador da mostra, Malén Gual, explicou que depois de uma intensa tarefa de investigação, puderam ser reunidas 102 obras, entre elas as 19 "shunga", como eram chamadas as estampas dos séculos 17 ao 19.

Os visitantes terão também acesso a álbuns, catálogos, livros e documentos sonoros que ilustram a influência da arte japonesa na Barcelona do começo do século 19 e em Picasso, um pintor "complexo e desordenado" sobre quem ainda não se disse tudo, afirmou o diretor do Museu, Pep Serra.

Entre as obras expostas está uma considerada "excepcional": a gravura "A mergulhadora e o polvo", de Katsushika Hokusaki, sobre a relação sexual entre um polvo e uma mulher, que Picasso recriou em 1903.

As estampas japonesas são de autoria de Nishikawa Sukenobu e Torii Kiyonaga, entre outros, das quais Picasso absorveu os detalhes.

    Leia tudo sobre: picasso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG