A boca de Mick Jagger virou peça de museu. O Museu Victoria & Albert, de Londres, anunciou hoje a compra da imagem original dos famosos lábios e da língua inspirado na boca do cantor e que se transformou no emblema dos Rolling Stones.

A instituição informou ter comprado a obra em um leilão nos Estados Unidos por 92.500 dólares, quantia equivalente a pouco mais de R$ 150 mil.

O desenho foi criado em 1970 pelo então estudante londrino de arte John Pasche. A primeira aparição pública da imagem aconteceu no ano seguinte, quando ela ilustrou a capa do álbum "Sticky Fingers". A partir de então, a boca tornou-se uma espécie de marca registrada dos Rolling Stones.

"A obra é um dos primeiros exemplos de um grupo que utiliza um distintivo e converteu-se com razão no logotipo de rock mais famoso do mundo", comentou Victoria Broakes, responsável pelo acervo artístico do museu. De acordo com ela, a aquisição foi muito pertinente porque Pasche tinha o hábito de visitar as exposições do museu para inspirar-se quando estudava na Real Escola de Arte.

Em entrevista ao jornal The Guardian , Pasche disse que teve a idéia do desenho quando conheceu Jagger. "De frente para ele, a primeira coisa que saltava aos olhos era o tamanho de seus lábios e de sua boca", comentou. Durante algum tempo, a autoria do desenho chegou a ser erroneamente atribuída a Andy Warhol, morto em 1987.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.