Murray vence e franceses são eliminados em Monte Carlo

Por Julien Pretot MONTE CARLO (Reuters) - O britânico Andy Murray superou um início lento e avançou à terceira rodada do Masters de Monte Carlos com uma vitória sólida de 6-3 e 6-2 sobre o romeno Victor Hanescu em uma terça-feira ruim para tenistas franceses.

Reuters |

O número três do mundo, Novak Djokovic, da Sérvia, arrasou o espanhol Oscar Hernandez por 6-1 e 6-2. Ele enfrentará Jean-Rene Lisnard ou Albert Montanes, que derrotou seu compatriota espanhol Nicolas Almagro por 7-6, 4-6 e 7-6.

"Eu não esperava jogar tão bem, considerando o fato de que não tinha disputado nenhum jogo de simples neste piso (saibro) e tive muito pouco tempo para fazer esta transição", disse Djokovic.

"Eu estava realmente jogando de maneira agressiva e com paciência ao mesmo tempo."

O russo Marat Safin venceu a batalha entre os ex-líderes do ranking quando derrotou o australiano Lleyton Hewitt por 6-4 e 7-5 pela primeira rodada.

Murray, que já conquistou três títulos este ano, enfrentará o croata Marin Cilic, número 14 no ranking, ou o italiano Fabio Fognin por uma vaga nas quartas-de-final.

"No começo do jogo quando eu fui quebrado, eu estava me movimentando como se eu estivesse em quadra dura", Murray disse a repórteres.

TERRÍVEL SIMON

Mais cedo, o número sete do mundo Gilles Simon, teve uma performance terrível contra o alemão Andreas Beck, que saiu da etapa classificatória, perdendo por 7-5 e 6-1.

"Nada estava certo. Nada estava funcionando. Acredito que este jogo foi um recorde", declarou o francês.

Dois outros franceses também se despediram na primeira rodada.

O cabeça-de-chave número nove Gael Monfils foi derrotado por 6-3 e 6-1 pelo sérvio Janko Tipsarevic, enquanto Paul-Henri Mathieu perdeu do 12o cabeça-de-chave, o argentino David Nalbandian, por 6-4, 3-6 e 6-3.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG