Municípios de Belford Roxo e Três Rios decretam situação de emergência

RIO DE JANEIRO ¿ As prefeituras de Belford Roxo e Três Rios decretaram nesta sexta-feira situação de emergência nos municípios por causa das fortes chuvas da noite da última. Ao todo, as duas cidades possuem 2.682 pessoas fora de suas casas devido às enchentes.

Redação |

A Defesa Civil de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, contabiliza 205 desabrigados e 937 desalojados. De acordo com o balanço divulgado pela prefeitura, 290 residências sofreram algum tipo de dano, 14 casas desabaram e foram registrados 27 deslizamentos de barreiras.

Os bairros mais atingidos pelo temporal foram Nova Aurora, Vale das Mangueiras, Bairro da Luz, Vasco, Interlândia e Parque Amorim. Segundo estimativa da Defesa Civil, a quantidade de chuva que atingiu o município foi o equivalente a 15 dias.

Três escolas e uma creche da rede municipal de ensino sofreram estragos em virtude do temporal e não estão funcionando, deixando um total de 2.500 alunos sem aula.

A prefeitura iniciou uma campanha para recolher donativos para as vítimas das enchentes. Os interessados em contribuir devem ligar para o telefone (21) 2662-0086.

Três Rios

Cinco pessoas ficaram feridas, sendo uma em estado grave, no desabamento de duas casas em Três Rios, no Centro-Sul Fluminense. Ao todo, 1.500 pessoas estão desalojadas e 40 desabrigadas. 

A chuva fez com que vários bairros ficassem alagados. Uma estrada municipal que liga os bairros de Purys e Boa União cedeu. A Defesa Civil contabiliza 300 casas danificadas e seis destruídas pelo temporal.

Durante quase duas horas, o volume de chuva em Três Rios chegou a 110 milímetros. O Centro de Três Rios e os bairros de Vila Isabel, Várzea do Otorino, Portão Vermelho, Caixa Dágua, Morada do Sol, Monte Castelo, Purys e Triângulo foram os pontos mais afetados.

Assista ao vídeo sobre as chuvas no Rio:

Leia mais sobre: chuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG