Mulheres ainda ganham bem menos que homens

BRASÍLIA - A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2007 divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que, embora tenha diminuído, a diferença de rendimento entre mulheres e homens ainda é muito grande.

Agência Brasil |

Em 2007, o rendimento médio real das mulheres correspondia a 66,1% da remuneração média masculina, mas essa diferença era maior nos anos anteriores.

Em 2006, a relação era equivalente a 65,6%; em 2005, a 64,5% e, em 2004, a 63,5%. Nessa estatística, são consideradas tanto as pessoas com renda, quanto as sem renda.

As maiores diferenças relativas entre as remunerações de homens e mulheres em 2007 foram observadas entre as pessoas que trabalham por conta própria.

Leia mais sobre: Pnad 2007

    Leia tudo sobre: pnad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG