Mulher vai a julgamento na Áustria por perseguir ator do seriado CSI

VIENA - Uma mulher foi a julgamento sob acusação de perseguir e ameaçar mater o ator David Caruso, do seriado CSI: Miami.

AP |

Os promotores do caso alegam que a mulher enviou mais de 100 mensagens a Caruso e perseguiu o ator americano por um autógrafo. Segundo eles, Caruso recebeu ameaças de morte depois de se recusar a dar um autógrafo à mulher.

As autoridades identificaram a acusada de 41 anos como originária da província de Tirol.

Ela foi presa depois de uma investigação conjunta do FBI e da Agência de Investigação Criminal Federal da Áustria.

A corte de Innsbruck abriu a audiência do caso nesta quarta-feira.

O ator de 52 anos é o protagonista da série da emissora norte-americana CBS, na qual interpreta o policial Horatio Caine.

Leia mais sobre CSI

    Leia tudo sobre: csi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG