Mulher que tentou se passar por idoso é presa em Curitiba

CURITIBA ¿ Foi presa nesta quarta-feira, em Curitiba, uma mulher, de 34 anos, que tentou se passar por um idoso, de 73 anos, morto há dois meses. Ela buscava o reconhecimento de uma assinatura em um cartório, mas funcionários desconfiaram de seu comportamento e chamaram a polícia.

Redação |

Acordo Ortográfico

De acordo com o superintendente Neimir Cristóvão da Silva, 8ª DP (Portão), para onde Maria Aparecida Araújo Hubner foi encaminhada, ela alugava um quarto para o aposentado Júlio Julião Araújo. Após a morte do inquilino, ela continuou sacando a pensão do falecido.

Polícia Civil
PC

Mulher tentou se passar por idoso morto

Entretanto, o gerente do banco passou a cobrar de Maria Aparecida uma declaração com a assinatura de Júlio reconhecida em cartório. Foi então que ela decidiu se disfarçar para conseguir o documento. Essa situação é inédita. Ela colocou uma peruca de borracha, óculos escuros de playboy, um bigode que ela fez e vestiu uma roupa de homem, contou Cristóvão.

Polícia Civil
PC

Peruca, óculos e bigode usados pela mulher

O superintendente afirmou ainda que foram realziadas movimentações financeiras na conta do falecido. A polícia pedirá a quebra de sigilo bancário. O corpo do idoso ainda está no IML e, caso nenhum familiar o reconheça, será enterrado como indigente.

Maria Aparecida Hubner foi autuada por falsidade ideológica. Ela já era procurada por extorsão.

Leia mais sobre: falsidade ideológica

    Leia tudo sobre: falsidade ideológica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG