A dona de casa Iara Toledo Moraes, de 26 anos, foi condenada nesta terça-feira por um júri popular a 18 anos e quatro meses de prisão pelo homicídio duplamente qualificado de seus filhos Ariana Toledo Severo, de 4 anos, e Gabriel Toledo Fraga, de 6 meses, em Passo Fundo, no noroeste do Rio Grande do Sul. O crime ocorreu em maio de 2006.

Iara matou as duas crianças a facadas e depois tentou se suicidar. Quando chegou em casa, o marido a encontrou agonizando e a levou a um hospital, onde se restabeleceu.

Em seu primeiro depoimento, a dona de casa disse que ela e os filhos haviam sido vítimas de um assaltante. Depois, confessou os assassinatos, alegando que não agüentava mais as constantes brigas com o companheiro.

Leia mais sobre: violência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.