Mulher pagará US$ 1,9 mi por baixar música da Internet

Um tribunal americano condenou nesta quinta-feira uma mulher de 32 anos a pagar 1,92 milhão de dólares por danos e prejuízos por baixar ilegalmente 24 músicas na Internet.

AFP |

Jammie Thomas Rasset, solteira e com quatro filhos, residente em Minnesota, foi considerada culpada de usar a rede Kazaa para baixar música.

O juri determinou o pagamento de 1,92 milhão de dólares - 80 mil dólares por música - a seis gravadoras: Capitol Records, Sony BMG Music, Arista Records, Interscope Records, Warner Bros. Records e UMG Recordings.

A associação da indústria discográfica americana (Recording Industry Association of America - RIAA) e as grandes gravadoras processaram milhares de pessoas por baixar ilegalmente músicas na Internet, mas, na maior parte dos casos, os envolvidos entraram em acordo e pagaram quantias entre 3 mil e 5 mil dólares para encerrar o caso.

Thomas-Rasset foi a primeira a rejeitar um acordo e levar o caso ao tribunal.

cl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG