RIO DE JANEIRO - A dona de casa Verônica Cristina do Rêgo, morreu, na madrugada deste sábado, no Hospital Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, vítima de um suposto erro médico. A família acusa a equipe médica de ter operado o lado errado do cerébro de Verônica.

De acordo com informações da Globonews, no último domingo, a dona de casa sofreu uma queda no banheiro de sua casa e bateu a cabeça. Após ter convulsões, ela foi levada ao hospital por seu companheiro.

No local, foi feita uma uma tomografia que constatou um coágulo do lado esquerdo do cérebro. O laudo médico recomendou urgência na cirurgia.

Verônica foi operada na segunda-feira, mas teria sido do lado direito do cérebro em vez do esquerdo. A irmã da vítima, Alba Valéria Barros, diz que três dias depois ela voltou à sala cirúrgica onde foi operada do lado certo.

Conforme a Globonews, a direção do hospital reconheceu o erro e abriu sindicância para apurar o que aconteceu. Alba deu queixa no 22ºDP do Rio, na Penha.

Leia mais sobre: erro médico

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.