Mulher morre após plástica no Hospital das Clínicas de São Paulo

Uma mulher morreu após passar por cirurgia plástica no Hospital das Clínicas de São Paulo. A dona de casa Adriane Mabi Iafrate, de 35 anos, fez lipoaspiração, levantou os seios e colocou silicone nos glúteos no último dia 2.

Agência Estado |

Segundo o Hospital das Clínicas, a cirurgia ocorreu sem complicações e a paciente recebeu alta no dia 3. A família suspeita de negligência médica. Adriane começou a se sentir mal no dia 4, sentindo dores no corpo e na cabeça, mas ela acreditava que eram sintomas normais, segundo contou familiares e amigos.

Adriane chegou a ligar para o cirurgião responsável no HC, que receitou analgésicos e aconselhou que ela retornasse ao hospital. Quando começou a sentir falta de ar, familiares levaram Adriane ao Hospital São Mateus, mais próximo de sua residência.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a dona de casa foi atendida pela equipe médica da emergência do hospital e apresentou piora, sendo posteriormente transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Adriane morreu na tarde de segunda-feira, vítima de infecção generalizada, segundo a secretaria.

O corpo será enterrado nesta quarta-feira no Cemitério São Pedro, na Vila Alpina, zona leste. Quando ela foi para a UTI eu sabia que ela não voltaria. Aí tem coisa errada, mas como achar o culpado?, protesta a amiga Neuci Couto Vanderlei, de 40 anos, que trabalha em um hospital. O marido dela nos mostrou a foto que tirou quando ela estava na UTI. Ela estava irreconhecível, inchada e toda roxa, conta Ana Paula.

A cunhada de Adriane, Valdívia Iafrate, explicou que a família vai esperar resultados de laudos do hospital para decidir que ações tomar.

Leia também:

Leia mais sobre lipoaspiração

    Leia tudo sobre: lipoaspiração

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG