Mulher morre ao ser atingida por bala perdida em ônibus na zona norte do Rio

Uma mulher e dois assaltantes morreram na noite deste sábado, por volta das 22h, durante uma troca de tiros entre criminosos e policiais militares na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com a PM, a funcionária de um salão de beleza, Miriam Santos Souza, de 50 anos, foi baleada na cabeça por uma bala perdida enquanto estava em um ônibus da linha 415 (Usina ¿ Leblon).

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Segundo a polícia, o confronto teve início após uma perseguição de soldados do 6º BPM (Tijuca) a dois bandidos a bordo de uma moto que estavam efetuando roubos no bairro. A dupla teria atirado contra uma viatura policial na altura do Largo da Segunda-Feira e foi cercada na esquina das ruas Haddock Lobo com Professor Gabizo.

Durante a perseguição, o ônibus onde estava Miriam ficou parado no meio do fogo cruzado. A vítima estava sentada em um banco localizado na parte da frente do coletivo. Ela chegou a ser levada para o Hospital do Andaraí, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Um motorista que viajava de carona no ônibus e estava próximo à Miriam foi baleado de raspão no rosto. O tiroteio ainda deixou um policial militar ferido na perna e a passageira de um táxi no ombro. Os três foram medicados e não correm risco de morte.

Os assaltantes, identificados como Fábio Salomão e Vinícius Paula de Souza, morreram no local. Com os dois foi encontrada uma pistola Glock 9 milímetros. A ocorrência foi registrada na 18ª DP (Praça da Bandeira).

Leia também:

Leia mais sobre: bala perdida

    Leia tudo sobre: bala perdidatiroteio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG