Mulher morre afogada durante chuva em Campinas, interior de São Paulo

Uma mulher de 45 anos morreu afogada na noite de terça-feira em Campinas, no interior de São Paulo, por causa da forte chuva que atingiu a região. Com isso, sobe para 64 o número de mortos no Estado de São Paulo desde 1º de dezembro do ano passado.

iG São Paulo |

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, Rosemary Romero tentava atravessar um alagamento no Bairro Taquaral, caiu e foi arrastada pelas águas. Ela ficou presa embaixo de um carro e chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

AE
Pessoas se arriscam para atravessar região alagada em São Paulo

Pessoas se arriscam para atravessar região alagada em São Paulo

Grande São Paulo

Em Itaquaquecetuba, na região metropolitana de São Paulo, as chuvas provocaram um deslizamento de terra no bairro Marengo Baixo. Seis casas foram afetadas. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Defesa Civil, o desmoronamento ocorreu por volta das 16h na Rua Américo Almeida. Em uma das casas, uma mulher idosa foi retirada sem ferimentos. No local, pelo menos mais 40 residências foram interditadas devido ao risco de novos deslizamentos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, durante o período das pancadas de chuvas na tarde de terça-feira, foram resgatados por barcos da corporação cerca de 20 moradores. Os bairros mais atingidos foram Vila Japão, Fiorello e Nova Itaquá.

Mais chuvoso em 15 anos

O mês de janeiro de 2010 já é considerado o mais chuvoso dos últimos 15 anos em São Paulo, com o acumulado de 419,5 milímetros de chuva, o que representa 75% acima da média prevista para o mês, que é de 239 mm.

De acordo com o Centro de Emergências da Prefeitura de São Paulo, o mês também é o recordista de todos os meses dos últimos 15 anos, com a parcial superando o mês de fevereiro de 1995, quando foi registrado 407,7 mm.

(*com informações da Agência Estado)

Leia também:

Leia mais sobre chuvas

    Leia tudo sobre: chuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG