Mulher mata marido em São Paulo; polícia apreende grande quantidade de armas

SÃO PAULO ¿ Policiais civis e militares apresentaram nesta sexta-feira uma grande quantidade de armas apreendidas ontem em uma casa na Vila Sônia, região do Morumbi, zona Sul de São Paulo. O armamento era do bancário Marcos de Moraes Barros, de 46 anos, que morreu assassinado com um tiro de pistola na cabeça disparado pela esposa, a pesquisadora Michele Saragosa Ferreira, de 25 anos.

Redação com Agência Estado |

De acordo com a polícia, a mulher não fugiu do local do crime e esperou a chegada dos agentes para se entregar. Ela disse ainda aos policiais onde estava o corpo do marido e arma utilizada para assassiná-lo. Michele disse que matou o companheiro porque ele manteve um relacionamento com a irmã dela, que hoje tem 14 anos e mora no litoral paulista. 

Entre o armamento apreendido, que seria da vítima, estavam seis espingardas, oito fuzis, sete metralhadoras, cinco pistolas calibre 380, três revólveres calibre 32 e calibre 38, 28 carregadores para armas de diversos calibres, cinco tripés para metralhadoras, três caixas com cartuchos calibre 50 e dez caixas com munições de diversos calibres. Os policiais também apreenderam folhas de cheque, registros de pistolas, celulares e R$ 5.252 em espécie.

A mulher foi presa em flagrante por motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima. O caso foi registrado no 34º DP (Vila Sônia).

Leia mais sobre: assassinatos

    Leia tudo sobre: apreensãoarmasassassinatosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG