Mulher grávida de 2 meses é assassinada em Franca-SP

A vendedora Kenia Bazon, de 22 anos, que estava grávida de dois meses, foi encontrada morta dentro de sua casa, na noite de ontem, no Parque Vicente Leporace I, em Franca, na região de Ribeirão Preto (SP). Foi o marido que a encontrou.

Agência Estado |

Ela tinha um ferimento nas costas, mas a morte foi por estrangulamento.

A principal hipótese é de que Kenia foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), pois a bolsa dela, um aparelho de DVD e dois CDs não foram encontrados. O corpo de Kenia foi encontrado nu e ela teria sido vítima de abuso sexual. De acordo com a polícia, o marido de Kenia, o sapateiro Simão Ribeiro da Silva, encontrou o corpo dela, na cama, por volta das 19 horas de ontem. Segundo a polícia, a morte dela teria ocorrido ainda pela manhã. Não havia sinais de arrombamento na residência.

A vítima é filha de um radialista, que é repórter policial. A polícia também investiga se essa relação pode ter algo com o crime. Até a tarde de hoje não havia pistas sobre a autoria do crime. O corpo de Kenia foi sepultado hoje, no Cemitério Santo Agostinho. Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) buscam pistas do caso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG